Descrição

O Parque é uma das mais importantes reservas naturais de Minas Gerais, ocupando o extremo norte da Serra da Mantiqueira, entre os vales do Carangola, Glória e Rio Doce.
A Serra do Brigadeiro possui inúmeras nascentes, que contribuem de maneira significativa para a formação de duas importantes bacias hidrográficas do Estado: a do Rio Doce e a do Paraíba do Sul.
Caracterizado pela Floresta Atlântica de Encosta e por Campos de Altitude, o Parque possui importância vital na preservação destes dois biomas. A Serra é considerada um paraíso botânico, por abrigar espécies raras e ainda não catalogadas pela ciência. No Parque existe uma neblina, que se mantém quase o ano todo encobrindo as serras e picos.
Os primeiros habitantes na Zona da Mata, onde se localiza o parque, foram os índios puris, coroados e coropós. Conhecida por diversos nomes ao longo do tempo, a serra do Brigadeiro era conhecida originalmente como serra dos Arrepiados, referindo-se, segundo versões diferentes, aos cabelos amarrados em forma de coque dos índios puris, ou ao frio das terras altas, que arrepiava a pele daqueles que por lá passavam.

Local e Horário de embarque e chegada

Ponto de partida: Centro de visitantes do parque (com exceção do Pico do Itajuru)

O que incluí

O parque oferece gratuitamente a entrada e condução nas trilhas. O Parque possui as seguintes infraestruturas e equipamentos: Duas portarias; Centro de visitantes com exposição permanente da biodiversidade e cultura local, e auditório com capacidade para 60 pessoas; Sede administrativa; Centro de pesquisa com alojamento para 09 pesquisadores e espaço para laboratório; Casa de hóspedes; Trilhas sinalizadas parcialmente.

O que não incluí

As demais despesas como alimentação e transporte até o local não estão incluídos.

Observações

Atividades agendadas previamente. As atividades estão sujeitas às condições climáticas e poderão ser canceladas a qualquer momento.